José Carlos Wegrzinoski: Moderador do Site.

09/10/2009 18:40

= COMO SURGIO O MELIPONARIO ABELHAS DO SUL =

Em 1989 eu estava rachando lenha e por acaso parti um pau que tinha uma abelha mirin, e ao observar o seu comportamento, resolvi colocar as abelhas em uma caixa de papelão era o que tinha no momento, e continuei o meu trabalho, em seguida fui olhar a caixa, as abelhinhas estavam organizando por dentro e algumas delas saiam da caixa com pequenos pedacinho de lixos, estavam, limpando por dentro, coloquei em um lugar seguro e aceitaram bem a nova morada, meses depois fiz uma caixa de madeira e coloquei elas la, e ainda tenho esta caixa , durou todo esse tempo, pois todo ano eu faço pintura de todas as caixas habitadas com abelhas indígenas. ( Pintar só por fora ).

Diante deste fato, foi que surgio a ideia de proteger essas abelhas, pois percebi que estavam indo a extinção, devido os desmatamento, principalmente pelos Fumecultores e pelas grandes plantações. Para ter uma idéia existe em Saltinho Interio Mafra Santa Catarina, mais de 105 estufas de fumo, cada uma consome em média de 60 metros de lenha (tora) por safra isto equivale a 6.300 metros de lenha ano, e sem contar os lugares vizinhos que tambem tem estufas.

Em uma reunião que tivemos no Hotel Emacite em Mafra SC com a participação do Vice Governador do Estado de Santa Catarina, menbros de comunidades e da prefeitura de Mafra e todos os presidente das micro bacia, Eu era um dos Presidente que representava à Associação Microbacia Rio Saltinho tinha 205 famílias associadas.

Nesta reunião foi posto em pauta o desmatamento, sendo direcionado os fumecultores como responsavel, pois recebiam mudas de eucalipto e não plantavam, Como eu era conhecedor dos problemas daquela região, fui em defesa dos fumecultores, Na verdade eles recebiam mudas mas não tinham lugar para plantar, as suas àreas de terra era muito pequena, em média 3 alqueire de terreno.

O que mais me intrigava na época, e ate hoje me intriga, é o fato do Governo Brasileiro, dar tanto dinheiro a Sem Terras, e não dar a quem já esta ramificado na agricultura e não tem dinheiro para comprar mais terreno. Os sem terra que no início a Igreja Catolica incentivou, e quando vio que esta errada ficou quieta, nenhum Padre fala atualmente no assunto.

No meu ver o Governo Brasileiro deveria dar mais crédito fascilitado aos pequenos agricultores, pois quando pedem aos Banco financiamento, o Banco pede um monte de garantia para depois liberar o financiamento, sendo que para sem terra a liberação de dinheiro e rápida e sem garantia, dinheiro a fundo perdido. Para os sem terra o Governo da, terreno, facão, enxada, semente, adubo, agrotóxico, Trator, e uma casa. E quando os sem terras fazem suas badernas ninguem é punido.

 
: ESTAS FOTOS NÃO TEM O INTUÍTO DE APARECER, E SIM, DE MOSTRAR AO MUNDO, QUE SOMOS PROTETORES DA NATUREZA.
A árvore, foto abaixo, tem mais de dois metros de diãmetro e tem uma morada de Abelha Indígena.
( Descubra onde esta ? )

= As duas fotos abaixo são do Macaco Bugio =



 

 

 

—————

Voltar


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!